Loading...

Translate

sábado, 9 de julho de 2016

Divergências Políticas



Atualmente, temos visto inúmeras pessoas agindo de forma violenta, verbal e até mesmo física. Cada qual empenhado em defender seu ponto de vista sobre a política atual do país.

Como leiga no assunto, ainda sim é possível analisar o comportamento humano.

Imagino que, dois conhecedores de História (menciono conhecedores, pois, sem o conhecimento da mesma, os comentários sobre ciências políticas podem ser duvidosos) tenham ideais opostos, ou seja, cada um assimilou a História de forma diferente, se estabelecem na sociedade e constroem vida baseada em tais ideais. Penso, é muito difícil mudar todo um aprendizado e forma de viver de uma hora para outra. Isso é óbvio.

Porque será então achamos que ao invés de trocar ideias e nos aprimorar, esperamos que o outro reaja bem a nossas imposições? Em caso contrário, reagiríamos da mesma forma. Não se muda a cabeça de uma pessoa que fixou vida baseada no que ela acredita. Se isso pode ser feito, não creio ser na base do confronto verbal ou físico. Por que então dar murro em ponta de faca?

Alguns de nós tivemos a sorte de conviver com pessoas que nos passaram tranquilidade por compreenderem o fluxo das coisas e com isso mantinham uma atitude mais pacífica, ao contrário de outros que tiveram uma convivência, seja de um ponto de vista amplo, menos compreensivo. Claro que muitos se rebelam e seguem caminhos opostos quando deparados com imposições, outros, aderem e passam, ao menos tentam, aos seus.

Talvez a coisa comece com cada um se preocupando mais em mostrar o melhor de si do que debater o pior do outro, isso só é útil quando feito com inteligência e diplomacia. O debate inútil apenas nos tira o foco do que é realmente importante.



J.Mendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário